Projeto Terra

Talvez a pergunta e busca mais fundamental e antiga da humanidade é: quem ou o que somos nós? Como a existência é criada? Qual o propósito de estarmos nesse mundo passando por essa experiência como espécie humana?

Esta teoria é inspirada principalmente no Trabalho do Professor Laércio Fonseca, e das experiências de vida e estudos do facilitador.

A vida surge em planos mais sutis de consciência. Planos que não podem ser vistos pelos nossos olhos físicos, mas que estão intimamente ligados, influenciando E DIRECIONANDO constantemente nossa experiência na Terra. 

Segundo essa visão, esses planos mais sutis de consciência são formados  por seres e civilizações com um grau de tecnologia e avanço consciencial que uma mente humana jamais poderia conceber e até considerar ficção científica.

O fato é que, a Terra é um dos planetas onde é realizado um Projeto, onde todas as almas envolvidas fazem parte. Todos somos almas, que viemos das “estrelas”, ou dos planos (dimensões) mais sutis da existência. Em algum momento concordamos e escolhemos vivenciar a experiência aqui na Terra, onde passamos intencionalmente pelo esquecimento temporário de nossa natureza espiritual eterna. Quando encarnamos no corpo físico, que é uma tecnologia projetada pelas inteligências superiores, as memórias de nossa vida no plano espiritual ficam veladas (véu de maya). Assim, nos identificamos com nossa personalidade, que vive entre o nascimento e a morte, sem ter conexão com o que está além, até o DESPERTAR.

A Terra é uma experiência desafiadora para o espírito. Quando estamos embriagados pela ilusão de que a vida se resume em nossa vida na Terra e no corpo físico, geramos apego, medo e sofrimento. Isso tudo faz parte do “teatro” que nossa alma escolheu vivenciar. 

PLANOS SUTIS DE CONSCIÊNCIA

 Existem diversos planos além da realidade física, que percebemos com nossos cinco sentidos. Chamamos normalmente de PLANO ASTRAL. Existem diferentes faixas vibratórias nas dimensões astrais.

Os espíritos que desencarnam e se mantém em vibrações mais densas: vícios, materialismo, paixões, apego a qualquer tipo de forma passageira, pela lei da RESSONÂNCIA, eles passam a viver as mesmas situações que viviam em vida, só que numa dimensão espiritual que comumente chamamos de UMBRAL.

No umbral, encontramos diversos tipos de situação de almas que apenas perderam o corpo físico, mas continuam vivendo em corpo astral, cocriando as mesmas formas-pensamento. Quando nos identificamos com algum papel que desempenhamos nesse mundo, vamos viver algo muito parecido no outro.

Por exemplo: um mafioso, quando desencarna, pode manter os mesmos costumes e relações voltadas para a ganância, poder, sexo desenfreado, eles possuem capangas, tudo muito parecido com o que viviam na encarnação. A única diferença é que não é possível morrer. Mas, o corpo astral também adoece e, como o Amor é a Lei implacável, normalmente essas almas passam por sofrimento até chegar o seu momento de se render à PROVIDÊNCIA DIVINA.

Quando temos consciência e conexão com nossa natureza espiritual, vivemos uma vida em Alta Frequência. Quando o espírito tem consciência da vida após a morte e vive inspirado por sua essência mais profunda, ele vai para as Cidades Astrais no Plano Espiritual, que são civilizações situadas em zonas intermediárias entre os planos ascencionados e a matéria mais densa (Terra). Lá eles são cuidados, continuam sua caminhada evolutiva até a próxima encarnação (quando ainda é necessário). 

Existem muitas almas e seres auxiliando, observando e influenciando em nossa vida. Quando oramos, por exemplo, estamos nos comunicando inconscientemente com os “amigos invisíveis”. Por isso, quando pedimos ajuda, ela chega.

ERAS

Segundo esse estudo, já passamos por diversas eras neste planeta. As almas humanas começaram a encarnar neste planeta há cerca de 40.000 anos atrás. Os primeiros seres humanos viviam na África, tinham cerca de 1,50 a 1,60m. Tinham hábitos primitivos. Foi o que chamamos de ERA DAS TREVAS, ou KALI YUGA, onde as almas não tinham consciência e conexão  com a natureza espiritual, manifestando hábitos primitivos ligados à sobrevivência.

Após milênios, uma nova leva de almas foi enviada para a Terra. Era um grupo diferenciado, consciências muito avançadas. Foi necessário um novo corpo para elas. Foi criado um corpo totalmente diferente, mais alongado e delicado. Foram os chamados ATLANTIS, conhecidos como “anjos caídos”.

Com a chegada desses seres, que, para os seres que habitavam antes, pareciam verdadeiros deuses. Mas, em última análise, todos somos.

Ocorreu um avanço muito rápido com relação à tecnologia. Os Atlantis tinham uma incrível capacidade de manipular os elementos. Mas, sua era acabou em total destruição. Eles assim escolheram. A Terra passou por um abalo muito profundo. Após isso, tudo foi recolhido pelos COMANDOS ESTELARES e iniciou-se uma nova ERA DE LUZ (SATYA YUGA).

Nas eras de Luz, não há mais a Lei do Carma. A experiência muda drasticamente. Nova era significa intervenção direta e ininterrupta do plano espititual. Significa estar aqui, mas totalmente presente no plano espiritual também. Livre acesso às tecnologias estelares, liberdade para “sair do corpo” e voltar no momento que desejar (o que conhecemos vagamente como viagem astral, ou mediunidade), enfim, é o fim do sofrimento causado pelo véu de maya. Civilizações que vivem em total Amor e cooperação, sabendo que o Amor é o único caminho para a evolução. As eras de luz duram pouco, pois o propósito se cumpre mais rapidamente e a experiência do corpo físico acaba “perdendo o sentido” mais depressa.

Após isso, tudo foi retirado novamente, menos algumas construções oriundas dessa ERA DE LUZ, como as pirâmides do egito, por exemplo. Isso foi deixado propositalmente, sabendo que no futuro o ser humano teria acesso. Isso ajudaria no despertar da humanidade vindoura.

Há aproximadamente 6.000 anos atrás, iniciou-se uma nova KALI YUGA (ERA DE TREVAS), onde os seres humanos cultivaram hábitos primitivos e materialistas por milênios. 

De 500 anos para cá, a humanidade deu um salto sem precedentes na história dessa era. Agora, de 50 anos para cá, demos um salto maior e mais rápido ainda. Muitas almas estão encarnando (a população mundial está crescendo exponencialmente) e estamos tendo acesso a tecnologias avançadíssimas. Cada ano somos surpreendidos com o avanço tecnológico da humanidade. Isso é sinal que estamos passando pela transição para uma nova ERA DA LUZ. Esse é o motivo de tantos seres estarem interessados em encarnar no planeta Terra nesse momento.

O objetivo do Ser Humano é, através do contraste e da fricção causados pela experiência material, catapultarmos nossa Ascenção. Tudo que passamos na vida é regida por leis maiores, como a CAUSA E EFEITO. De certa forma, tudo que passamos, incluindo as dores e sofrimentos, são a Inteligência Universal buscando se equilibrar, e guiar nossa consciência para o Caminho de nosso Coração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *